Os sisos entortam os dentes da frente?

1084

Os sisos entortam os dentes da frente?

Pode ser que você já tenha tido essa dúvida, você pode até mesmo já ter removido seus sisos (conhecidos na odontologia como terceiros molares) para evitar que isso acontecesse. Mas será que é verdade? Será mesmo que os sisos entortam os dentes da frente, ou isso é apenas mais um mito?

Nos Estados Unidos por exemplo, cerca de 10 milhões de dentes sisos são extraídos anualmente, sendo esse procedimento uma das cirurgias orais mais frequentes. A estatística é que aproximadamente 75% das pessoas que recebem algum cuidado de saúde oral acabam extraindo os sisos.

O que dizem os estudos mais recentes

A dúvida se os dentes sisos são responsáveis por entortar os dentes da frente é antiga e já foi estudada por inúmeros pesquisadores. Recentemente, alguns estudos tentaram responder a essa dúvida. Dois artigos estudos interessantes, um de 2013 feito no Brasil e um de 2014 feitos nos Estados Unidos, avaliaram toda a informação que já tínhamos disponível sobre esse assunto para chegar a um consenso. E o que eles descobriram?

sisos entortam os dentes?

Os sisos entortam os dentes da frente? Não!

O apinhamento que ocorre nos incisivos anteriores inferiores, por volta da época em que os sisos nascem, é mais uma coincidência do que uma relação de causa e efeito. Eles estudaram pessoas que fizeram a extração dos sisos e pessoas que não fizeram e observaram que os dois grupos mostraram apinhamento do mesmo jeito.

O que isso quer dizer?

Não podemos dizer que extrair os sisos de uma pessoa vai prevenir o apinhamento tardio que ocorre a partir dos 20 anos de idade. E muitas vezes, as pessoas acabam sendo submetidas a um procedimento cirúrgico de maneira desnecessária. Isso significa mais gastos, inconvenientes e risco para os pacientes.

O ideal é um acompanhamento anual com seu ortodontista para avaliar se está havendo alguma alteração na posição dos dentes após o apinhamento. Como nosso conhecimento ainda é limitado para responder a essa pergunta, o acompanhamento e avaliação frequente de pacientes que já usaram aparelho ortodôntico e estão em fase de contenção é recomendável ao invés da extração “preventiva” destes dentes. Tudo isso pensando no melhor interesse do paciente.

Os sisos entortam os dentes da frente mito

Os sisos causariam outros problemas além de apinhamento? Sim!

Dentes sisos que não irrompem ou irrompem parcialmente, ficando apenas com uma parte da coroa do dente exposta, podem ser focos de infecções e podem ter predisposição a cáries.

A pericoronarite é uma infecção na gengiva e tecido ao redor da coroa do dente. Dentes que não irromperam ou estão parcialmente recobertos por gengiva podem acumular alimentos e serem difíceis de higienizar. Isso pode causar a pericoronarite, que pode ser extremamente dolorosa.

Justamente pela dificuldade de higienização, podem também ter cáries, que quando não são tratadas cedo, podem até mesmo progredir para uma infecção na parte interna do dente (a polpa dentária), o que iria necessitar de tratamento de canal. Além do mais, existe uma chance maior de dentes sisos desenvolverem problemas gengivais e no osso que o sustenta (problemas periodontais).

Algumas vezes os sisos também podem ser a origem de tumores e cistos, que devem ser removidos quando diagnosticados.

Não quer dizer que os sisos vão necessariamente causar esses problemas, mas que uma avaliação é recomendada.

sisos apinham os dentes verdade

Então não preciso extrair os sisos? Preciso extrair os sisos? O que fazer?!

Um outro estudo de 2015 feito pela Associação Americana de Cirurgia Oral estabeleceu recomendações sobre como os dentistas devem lidar com esses sisos: Terceiros molares assintomáticos, ou seja, que não apresentam problemas de infecção (pericoronarite), cáries, ou risco de danificar os segundos molares, devem ser acompanhados pelo cirurgião Bucomaxilofacial anualmente. O cirurgião vai avaliar a necessidade e o momento ideal de se extrair estes dentes.

O cirurgião bucomaxilofacial irá avaliar os riscos e o custo-benefício de uma cirurgia contra a possibilidade de manter e acompanhar estes dentes. Por ser um procedimento cirúrgico e pela proximidade do terceiro molar com um importante nervo da mandíbula, um planejamento cuidadoso é necessário. Em caso da extração se tornar necessária, ela é feita de preferência após a formação da raiz do dente e antes dos trinta anos de idade.

Resumindo…

  • Os sisos entortam os dentes? Não é possível dizer que são realmente os responsáveis por isso, o acompanhamento é mais interessante do que a extração imediata.
  • Os sisos estão ligados a outros problemas? Sim, doenças como pericoronarite, problemas periodontais, cáries, tumores e cistos podem estar associadas à presença dos sisos.
  • Quem deve avaliar os sisos? O cirurgião bucomaxilofacial é o indicado para essa avaliação.
  • A melhor idade para se extrair os sisos é até os 25 anos de idade.
  • Sisos podem ficar a vida inteira na nossa boca? Sim, caso não apresentem nenhum risco à saúde.

 

Alexandre da Veiga Jardim
Cirurgião-dentista, especialista em ortodontia pela ABO-GO e mestrando em ciências da saúde pela UFG.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta