Crianças que chupam o dedo podem desenvolver problemas dentários graves.

730

O hábito de chupar o dedo pode ser extremamente nocivo para o desenvolvimento dentário da criança se mantido após os 4 anos de idade. Problemas ortodônticos como inclinação de dentes para frente, espaços, alteração na deglutição, deficiência no desenvolvimento da mandíbula, mordida aberta e mordida cruzada podem ser causados pela persistência desse hábito. Veja nesse post o que seu ortodontista e você podem fazer para evitar esse problema.

Todos os bebês chupam dedo, é instintivo e necessário para a sua sobrevivência. Esse hábito se inicia dentro do útero da mãe e é perfeitamente natural, sendo necessário para que a criança desenvolva os reflexos de sucção necessários para sua alimentação. Porém, este hábito deve cessar por volta dos 3 anos de idade, quando os dentes da criança já estão bem desenvolvidos e ela já é capaz de se alimentar sem precisar de sucção.

Ultrassom de bebê chupando dedo dentro do útero.
Ultrassom de bebê chupando dedo dentro do útero.

O problema começa quando a criança mantém o hábito após ele não ser mais necessário. Isso pode ocorrer por vários fatores, que vão desde estresse emocional relacionado ao ambiente familiar e escolar, até uso de mamadeiras substituindo a amamentação.

Causas para a sucção de dedo

O estímulo oral que a criança recebe durante a amamentação é importante, pois é uma fonte de prazer e também uma maneira de ela gastar as suas energias. Após amamentar, a criança está satisfeita e cansada pelo esforço físico. Porém, quando se usa mamadeira, a criança geralmente estará saciada mais rapidamente e com menos esforço do que na amamentação no seio. Como resultado disso ela não se cansou e também não satisfez a necessidade que tem de estímulo de sucção. Geralmente ela apela para a sucção de dedo para preencher essa necessidade.

menina chupando dedo

Quando a criança se torna mais velha, por volta dos 3 anos, ela já tem mais convívio com o mundo e com outras pessoas. Nessa idade, o estresse pode ser um motivo que desencadeia a sucção digital. Um ambiente familiar inquieto ou problemas de adaptação na escola geram frustrações psicológicas. A criança não tem ferramentas desenvolvidas para lidar com o estresse psicológico e chupar o dedo traz uma sensação de conforto e tranquilidade para ela.

Geralmente a sucção de dedo gera tranquilidade e induz ao sono e ocorre em momentos de estresse, cansaço, irritabilidade ou depressão

Problemas causados pela sucção de dedo

Quando persistente, a sucção de dedo leva a alterações dentárias e faciais severas. Os problemas são causados pela fato da língua assumir uma posição mais baixa e deixando de exercer pressão no céu da boca. Com isso, a musculatura em volta da boca exerce pressão sobre os dentes que sem a resistência oferecida pela língua, se inclinam para dentro.

O dedo também exerce pressão nos dentes, inclinando os dentes inferiores da frente para trás e os superiores para fora.

efeito chupar dedo sobre os dentes
O dedo altera a posição dos dentes superiores e inferiores

Entre os inúmeros problemas causados pela sucção de dedo, podemos listar:

mordida aberta sucção digital
Mordida aberta causada por sucção de dedo

Todas essas alterações são variáveis nos pacientes que chupam dedo. Um paciente com o hábito não vai necessariamente apresentar todas as alterações, isso varia de acordo com a frequência, intensidade e duração do hábito, além de qual(is) dedo(s) estão envolvidos, a posição desses dedos, tipo facial do paciente, entre outros fatores que podem ser analisados pelo seu ortodontista em um diagnóstico aprofundado.

Como tratar?

O tratamento desse hábito é multidisciplinar, podendo envolver o ortodontista, odontopediatra, fonoaudióloga e psicóloga. É fundamental a interrupção do hábito. Qualquer correção ortodôntica que for realizada será perdida ao final do tratamento se a criança voltar a chupar dedo. 

Um dos profissionais mais envolvidos no tratamento é a psicóloga, devido a raiz do problema ser psicológica. O ortodontista atua com aparelhos fixos ou removíveis e muitas vezes com uma grade palatina, aparelho ortodôntico que dificulta o posicionamento do dedo. Com isso nós tentamos diminuir o prazer obtido pela criança no hábito, sendo um dos motivos para que ela pare.

grade palatina
Grade palatina: um exemplo de aparelho para ajudar a controlar a sucção

O apoio e dedicação dos pais é essencial para o sucesso do tratamento e a intervenção da ortodontia o quanto antes é recomendada para minimizar problemas futuros ao máximo.

Alexandre da Veiga Jardim
Cirurgião-dentista, especialista em ortodontia pela ABO-GO e mestrando em ciências da saúde pela UFG.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta