Até quando preciso usar a contenção nos dentes inferiores?

4078

Ad aeternum

expressão Latina para “para todo o sempre”

Se você já usou aparelho ortodôntico, provavelmente seu ortodontista deixou uma lembrancinha para você colada por trás dos seus incisivos inferiores: a contenção ortodôntica fixa. Talvez você já esperasse por isso ou talvez imaginava que estaria completamente livre de qualquer tipo de dispositivo ortodôntico, mas é melhor se acostumar, pois se você tiver sorte, ela vai ficar aí muito tempo.

A certeza da mudança

Mas por quê nós, ortodontistas, pedimos que nossos pacientes usem a contenção?

Nosso corpo está sempre passando por mudanças. Quando crianças, elas são frequentes: crescemos, nossa fisionomia muda, trocamos os dentes. Na puberdade passamos por mudanças ainda mais intensas, incluindo alterações no crescimento da face que afetam além do nosso rosto, o posicionamento dentário.

E se você acha que a idade adulta significa estabilidade, pense duas vezes: nosso corpo nunca para, está sempre se adaptando ao ambiente ao redor e finalmente, envelhecendo. O envelhecimento é uma constante, é a certeza de que nada fica o mesmo durante muito tempo.

E com nossos dentes ocorre o mesmo. Sempre sujeitos à pressões por parte de nossos músculos e língua, desgastes constantes pelo uso e mudanças no osso que o sustenta, os dentes são mantidos em sua posição por um delicado equilíbrio de forças que infelizmente, é imprevisível. O aparelho mastigatório passa por mudanças durante toda nossa vida.

A necessidade de conter

Contenção ortodôntica inferior
Contenção ortodôntica fixa inferior

Espero que você tenha entendido que a única certeza que temos é a de que haverá mudança. E que seus dentes também passarão por isso. Independente de ter ou não feito tratamento ortodôntico.

Os incisivos inferiores são ainda mais propensos às alterações de posição, pois são dentes pequenos em uma área de grande pressão por parte de músculos e da língua.

A contenção ortodôntica fixa é uma tentativa de se evitar que eles mudem de posição. Digo tentativa pois não existe ainda nenhuma evidência científica de um método 100% eficaz para evitar que eles mudem de posição.

Então, se você passou pelo tratamento ortodôntico e seus dentes mudaram de posição, antes de culpar seu ortodontista, por favor entenda que não é uma limitação dele, mas sim uma dificuldade que todos os ortodontistas têm de lutar contra algo natural do nosso organismo: o envelhecimento e mudança.

Contenção: até quando?

Quanto tempo usar a contenção

Não existem boas evidências científicas que possam nos dizer quando os dentes ficam “estáveis”. Então, acredito que boa parte dos ortodontistas (eu me incluo aí) têm um consenso: melhor tentar prevenir do que ter a certeza de ter que remediar.

A ciência ainda não descobriu um método de contenção ortodôntica que seja 100% eficaz.

A contenção ortodôntica inferior é frequentemente prescrita para ser usada ad aeternum; para sempre. Isso devido às mudanças que estarão sempre acontecendo.

E não existe como garantir de que seus dentes não mudarão de posição e tudo ficará estável, mesmo usando a contenção. Mas é muito mais provável que eles mudem caso você não use a contenção.

A contenção é uma das melhores maneiras que temos atualmente de ajudar a resguardar o sorriso que você conseguiu com seu tratamento ortodôntico.

Faça seus acompanhamentos com seu ortodontista pois ela não garante que as mudanças naturais do nosso corpo não vão ocorrer.

Alexandre da Veiga Jardim
Cirurgião-dentista, especialista em ortodontia pela ABO-GO e mestrando em ciências da saúde pela UFG.

Comentários

comentários

Compartilhar