Meu ortodontista quer extrair meus dentes!

7169
Extração de dentes

Você faz a sua consulta com seu ortodontista. Depois de estudar seu caso e avaliar seus exames, ele solta a bomba: “vamos precisar extrair alguns dentes”. Mas espera um pouco! Você está lá para corrigir seus dentes, não extraí-los. Ele deve estar louco!

Certo?

Bom, a história não é bem assim e é bem provável que ele tenha razão…

Extrações por motivo ortodôntico.

cartoon extração dentariaPor mais que doa o coração de qualquer cirurgião-dentista (inclusive do ortodontista) ter que fazer uma extração, as vezes ela é necessária. Dentes com lesões irreversíveis, fraturas, reabsorções e várias outras patologias podem ser indicações para se extrair um dente caso não hajam mais opções. Porém o ortodontista muitas vezes pode se ver forçado a extrair dentes completamente saudáveis para resolver um problema ortodôntico.

A ortodontia nos seus primórdios utilizava a extração em praticamente 100% dos casos, não tinha conversa. Com o tempo novas tendências e técnicas na área foram surgindo que tentavam minimizar a necessidade de extrações. Mas até hoje muitos casos só podem chegar a um resultado satisfatório através delas.

Porém não indicamos as extrações dentárias sem que realmente sejam a última opção. E tudo isso é conversado com o paciente, e logicamente ele tem a decisão final. O importante é que fique muito claro o motivo de se extrair um dente, para que não hajam desentendimentos futuros, já que é um processo irreversível.

O ortodontista por sua vez deve ter realizado um bom planejamento, baseado em um bom diagnóstico. Não se pede a extração de um dente saudável de maneira leviana. O caso deve ter sido meticulosamente estudado e o ortodontista deve ter total certeza e segurança de que a extração é necessária e quais dentes devem ser extraídos.

Falta de espaço na arcada dentária

dentes apinhadosO seu ortodontista realmente pode indicar a extração de um ou mais dentes. O maior motivo para isso é falta de espaço nas arcadas dentárias. É como aquele jogo de festas infantis com as cadeiras, onde se toca uma música e quando ela para várias pessoas tentam sentar em um número um pouco menor de cadeiras, alguém sempre vai ficar espremido ali. Com os dentes acontece uma história semelhante.

O apinhamento dentário tem como maior causa uma diferença de tamanho entre os dentes e as bases ósseas em que estão implantados. Dentes grandes e bases ósseas pequenas levam a falta de espaço. Essa falta de espaço leva os dentes a ficarem tortos e “encavalados”.

stripping dentário
Desgaste dentário

Hoje temos várias opções para ganhar espaço na arcada dentária, como desgastes dos dentes, projeção dos dentes (uma arcada dentária com perímetro maior tem mais espaço) e hoje em dia com o uso de mini-implantes e mini-placas, a distalização de dentes (puxamos todos os dentes para trás e ganhamos espaço na frente). Apesar disso, as vezes a falta de espaço é severa, ou o caso contra-indica qualquer uma das medias acima devido a problemas periodontais (nas gengivas e nos ossos ao redor dos dentes) ou inúmeras outras particularidades.

Quando não resta opção, realizamos a extração de até 4 dentes (em geral pré-molares). Com o novo espaço obtido, podemos realizar o alinhamento dos outros dentes, como no vídeo abaixo:

Correção de desvio da linha média

Exemplo de desvio de linha média
Desvio de linha média: Até o Tom Cruise já teve

É muito comum encontrar na população um nível de desvio de linha média. A linha média é o nome que se dá para a linha imaginária que marca o meio dos arcos dentários, passando entre os incisivos. Idealmente as linhas médias superiores e inferiores estão coincidindo com o meio da face.

Casos com desvios muito severos podem precisar de extrações para sua correção. O vídeo abaixo mostra um exemplo onde temos a linha média superior desviada para a direita e a inferior para a esquerda. Foram feitas extrações assimétricas (de dentes diferentes em cada arco) para a correção:

Dentes muito projetados

Quando os dentes da frente estão muito projetados (jogados para fora), a extração ortodôntica ainda é uma opção muito usada. Com o espaço ganho pela remoção de dois pré-molares, podemos retrair e nivelar os dentes anteriores. Dependendo de cada caso, pode ser feita a extração dos 4 primeiros pré-molares, ou de dois primeiros em uma arcada e dois segundos pré-molares em outra.

O vídeo abaixo mostra um exemplo onde o paciente tem uma projeção de incisivos superiores. Nesse caso o ortodontista opta pela extração dos dois primeiros pré-molares superiores para corrigir a projeção e de dois segundos pré-molares no arco inferior, onde há um pouco de apinhamento.

[]

Conclusão

Extrações ortodônticas são um “mal necessário” em alguns casos onde nunca conseguiríamos um resultado satisfatório se elas não fossem realizadas. Obviamente, são sempre uma última opção. Mostrei aqui apenas algumas das indicações que vemos por aí. Casos ortodônticos são muito complexos, variados e individualizados e dependem muito do planejamento e diagnóstico do ortodontista. Existem muitos outros motivos nos quais as extrações dentárias estão indicadas na ortodontia, não apenas os casos acima citados. Os casos acima são apenas alguns exemplos, deve-se observar a individualidade de cada caso: nunca se pode generalizar quando se trata do paciente.

Se você tem dúvidas e inseguranças quanto a maneira como seu caso está sendo conduzido, o melhor é que você tenha uma conversa aberta com seu ortodontista. Com certeza ele poderá te explicar o planejamento do seu caso e esclarecer quaisquer dúvidas que restarem.

E lembrem-se: Procure sempre um cirurgião bucomaxilofacial de confiança!

Alexandre da Veiga Jardim
Cirurgião-dentista, especialista em ortodontia pela ABO-GO e mestrando em ciências da saúde pela UFG.

Comentários

comentários

7 COMENTÁRIOS

  1. Tenho desvio da linga média severo, gostaria de fazer um tratamento, tenho tbm problema na gengiva, meus dentes estão apresentando as raízes expostas, o uso do aparelho pode complicar mais?

    • Olá michele
      Desculpe pela demora em responder, o site estava passando por manutenções.

      Se houver o acompanhamento de um periodontista (dentista que cuida dos tecidos que circundam os dentes, como gengiva e osso) e um planejamento em equipe, você diminui muito a chance de complicações.

      A critério do seu periodontista, podem ser necessárias cirurgias e enxertos para cobrir as retrações gengivais, e algumas vezes a situação periodontal pode comprometer o resultado ortodôntico dependendo da severidade.

  2. Olá Boa noite Doutor meu no e Jessica uso aparelho dês dos meus 14 anos hoje tenho 24 comecei com o móvel ja passei por 4 dentistas diferentes a minha penúltima teve problemas de saúde teve que se afastar colocarão um dentista no lugar dela e já na primeira consulta me falou que tenho que arrancar 4 dentes bons por conta de espaço concordo com ele ja usei muito aparelho nao aguento mais esta igual cada um fala uma coisa porque realmente é muito dente pra pouca boca porém tenho medo de minha boca ficar mucha sei lá de faltar porque não tenho cárie alguma nunca precisei de canal de abiturar dente e outra gostaria de saber quanto tempo leva para fechar pois o dente que vou arrancar e perto do canino vai ficar orrivel ja arranquei o molar esquerdo inferior mais a dor para arrastar e insuportável estou com medo o que eu faço. Obrigada

    • Olá Jéssica , tudo bem?

      Tenho um post no blog que fala sobre extrações, chamado “meu ortodontista quer extrair meus dentes”. Sugiro que procure-o pela nossa ferramenta de busca para mais informações.

      A extração é um recurso ainda muito utilizado na ortodontia. Infelizmente ninguém gosta de extrair dentes, mas em muitos casos essa é a melhor opção. Cabe ao paciente decidir, com ajuda das informações fornecidas pelo ortodontista se o custo-benefício (passar pela extração x resultado estético desejado) compensa. Sugiro que converse com seu ortodontista e veja todas as possibilidades para tomar uma decisão bem informada.

      Quanto a questão das alterações faciais causadas pela extração, esse é um aspecto muito estudado na ortodontia que ainda gera muita polêmica.

      Eu sou da opinião de que extrações quando bem indicadas e bem feitas, com um tratamento bem planejado, não geram alterações faciais.

      Sobre o tempo de tratamento após a extração, ele varia muito de caso para caso e pessoa para pessoa. Somente seu ortodontista, avaliando seu caso clinicamente pode te informar uma estimativa. Mas sugiro que você peça para ele colocar um dente provisório no espaço da extração para que você não tenha prejuízos estéticos durante o tratamento.

      Espero poder ter sido útil. Boa sorte com seu tratamento!

  3. Doutor, boa tarde! Uso aparelho desde novembro de 2011 e, antes mesmo da instalação, fiz a extração dos quatro primeiros molares. O apinhamento inferior era grande e logo os espaços foram preenchidos… na arcada superior só tinha apinhamento nos dentes da frente, e bem pouco. Porém meu dentista disse que eu era um pouco “bicuda”, e era mesmo, por isso aceitei também a extração nos primeiros molares superiores.
    Vamos à minha preocupação: ainda tenho espaços e meu dentista já está utilizando os elásticos intermaxilares, disse que o processo já está na finalização! Disse que quanto aos espaços tem que “deixar a física acontecer”… como assim? 🙁
    Já usei amarrilho, elástico em cadeia e ainda sobrou espaço… como proceder, eu acredito que ele está se vendo sem argumentos ou sem opções… tô preocupada mesmo!

    • Olá Tenille.

      Cada caso é um caso e infelizmente eu não posso opinar diretamente no seu tratamento. Seria anti-ético com o meu colega e desonesto com você, pois não tenho subsídios suficientes pra te ajudar.

      O tratamento me parece fazer sentido, você tinha falta de espaço na arcada inferior e dentes superiores projetados. Extrações são uma opção válida para esse caso.

      Quanto aos espaços no final do tratamento, muitas vezes os elásticos podem sim, ajudar na sua correção.

      Acredito que você pode ficar tranquila, seu ortodontista não vai querer finalizar seu caso com espaços entre os dentes.

      Talvez você devesse aguardar um pouco mais e claro, se sentir insegurança ou tiver dúvidas, sempre levar elas a seu ortodontista. Ele é a pessoa mais indicada para te ajudar.

      Espero poder ter ajudado.

  4. Obrigada doutor, pelo esclarecimento! O tempo vai passando e vamos ficando ansiosos, acredito que o senhor deve passar muito por isso! Uma segunda opinião é bom pra tranquilizar… agradeço a atenção e ajudou sim!

Deixe uma resposta